As empresas tradicionais, como são conhecidos os negócios estabelecidos antes da era digital, procuram formas para inovar suas metodologias para a melhoria de seus resultados. Mas será que existe espaço para uma integração entre o pensamento inovador de startup e empresas tradicionais? 

O conceito de startup surgiu ainda nos anos 1990, nos Estados Unidos e rapidamente chamou atenção do mundo, devido às suas características. Essa expansão do modelo de negócio foi impulsionada por conta da expansão da internet no decorrer do século XXI. 

Startups são conhecidas por terem um espírito inovador, oferecendo soluções escaláveis, com agilidade ímpar entre o planejamento e a execução

Como a cultura de startup pode beneficiar empresas tradicionais? 

Em um mercado tão competitivo como vemos atualmente, as empresas tradicionais buscam alternativas e formas de maximizar sua produção, elevando assim seus lucros e alcance de mercado

Muitas dessas empresas tradicionais se inspiram fortemente na cultura das startups. Como comentamos no início do texto, uma startup possui características particulares e que podem ser aplicadas em diversos tipos de negócio

Talvez a maior vantagem da startup seja explorar uma solução de problema de forma ágil e escalável. Para uma solução ser escalável ela deve ser de fácil reprodução, distribuição rápida e com um retorno rápido. 

Quando a cultura do modelo escalável é implantada em uma empresa tradicional, percebemos que a produção é maximizada e os processos são mais bem definidos, o que possibilita uma maior organização e consequentemente maior lucro. 

Leia também: Como funciona a parceria entre empresas fintech e empresas de remittance?

Transformação de cultura 

Além da cultura de negócio escalável, outras características de startup podem ser aproveitadas por empresas tradicionais.  

Em uma empresa tradicional, os funcionários precisam cumprir suas funções, com horários determinados e respeitando comportamentos que condizem com o perfil da empresa

Já em uma startup, o cumprimento de horários e comportamentos que se alinhem à empresa são mais flexíveis. O mais importante é que o colaborador tenha ideias inovadoras, que traga benefícios para a startup, tenha espírito de colaboração, e que mantenha suas entregas com qualidade e tenha suas ações alinhadas aos objetivos da empresa. 

Em uma empresa tradicional, o espírito de startup pode serIsso pode ser incorporado gradativamente. Com uma mudança gradual de mind set e respeitando as exigências de produção, essa cultura pode trazer diversos benefícios, como funcionários mais felizes e aplicados ao desenvolvimento de suas funções e entregas de maior qualidade. 

Quer saber como a WePayOut transforma esse espírito em soluções? Clique aqui